TESTE GENÉTICO: SAIBA MAIS SOBRE O FUTURO (PRESENTE) DA NUTRIÇÃO

Por: As Nutris 14 de Julho de 2018


Num futuro não muito distante – em uma década, talvez, estimam os especialistas –, cada um de nós terá acesso a seu próprio sequenciamento de variantes genéticas ligadas a alimentos. E médicos ou nutricionistas poderão prescrever os alimentos que deveremos preferir, evitar ou abandonar não mais com base apenas em nossas taxas de glicemia, colesterol ou triglicerídeos – mas de acordo com nosso mapa genético. A expectativa é que essa dieta individualizada seja capaz de garantir uma vida mais saudável da infância à velhice, além de oferecer uma proteção contra doenças como câncer, diabetes, cardiopatias e obesidade.

Os hábitos alimentares podem desencadear alterações químicas que afetam a expressão do DNA, podendo até silenciar os genes ou ativá-los. Essas mudanças não alteram o sequenciamento genético, mas em muitos casos podem ser transmitidas às gerações seguintes e têm sido associadas ao surgimento de câncer e doenças inflamatórias crônicas.





Saiba mais através do formulário de contato no site.  


Fontes:

https://www.unesp.br/aci/revista/ed15/quem-diria
http://centrodegenomas.com.br/n/o-que-e-4p-genomica/