QUAL BATATA É MAIS SAUDÁVEL? DEVO RETIRAR A CASCA?

Por: As Nutris 08 de Março de 2019

Na busca por uma alimentação e estilo de vida mais “saudáveis”, várias pessoas têm substituído a batata inglesa por batata doce, principalmente por considerar que a batata inglesa contém maior quantidade de carboidratos e por isso “engorda mais”. Para esclarecer, separamos os principais nutrientes e colocamos na tabela abaixo para compará-las:


Comparação em 100g do alimento:

Batata inglesa cozida

Batata doce cozida

Calorias (kcal)

52

77

Proteína (g)

1,2

0,6

Carboidrato (g)

11,9

18,4

Fibras (g)

1,3

2,2

Magnésio (mg)

5

11

Potássio (mg)

161

148

Vitamina C (mg)

3,8

23,8



A batata-inglesa é menos calórica e apesar de ter menos carboidrato se comparado ao outro tipo, é composta por carboidratos de alto índice glicêmico- faz o pâncreas produzir muita insulina, conduzindo o açúcar para dentro das células que em excesso incentiva o organismo a armazenar gordura, principalmente na região abdominal. Já a batata-doce, é rica em carboidratos complexos de baixo índice glicêmico- digeridos e absorvidos lentamente, estimulando pouca liberação de insulina, o que reduz o risco de diabetes, obesidade e controla o apetite.



Normalmente as cascas das batatas são descartadas, apesar de conterem elevados teores de vitamina C, cálcio, fósforo, potássio e fibras, importantes para a digestão e metabolismo de proteínas e carboidratos.


A utilização desse subproduto alimentar, além dos ganhos nutricionais, pode contribuir para um menor acúmulo de resíduos e dos problemas higiênicos/ambientais.


Utilizando a casca também é possível saborear:

  • Casca da batata assada;

  • Purê de batatas incluindo a casca;

  • Chips de casca de batata;

  • Farinha da casca de batata.



O principal na hora de usá-la é fazer uma boa higienização:

Lave as batatas em água corrente e use uma escova própria para vegetais para auxiliar na retirada de impurezas. Descasque-as e coloque as cascas em solução clorada por 15 minutos (1 litro de água para 1 colher de sopa de água sanitária). Enxague em água corrente e seque com papel toalha. E pronto, ela já pode ser usada.



E a pergunta que não quer calar: qual batata consumir?


As duas! O tal índice glicêmico que traz tanta polêmica entre a escolha das batatas, é fácil de resolver pois é alterado pela forma de preparo do alimento e pela combinação com os outros alimentos que serão ingeridos ao mesmo tempo. Isto é, quando ingerirmos carboidratos em conjunto com proteínas, gorduras e fibras, altera a velocidade de absorção dos alimentos e contribui para que os carboidratos sejam digeridos lentamente. Prepará-las cozidas ou ao vapor, reduz esses fatores. Com isso, é importante o consumo de ambas batatas pois se preparadas de maneira adequada e em sintonia com uma alimentação equilibrada, fornecerá os nutrientes necessários para o organismo.



E não esqueça: Aproveitar o alimento na sua forma íntegra é primordial. Pratique esse ato!



Conteúdo elaborado por: Estagiária Thais e Nutricionista Sheila Pachecco.




REFERÊNCIAS


https://www.vponline.com.br/portal/noticia/171/beneficios-nutricionais-da-batata-doce


https://periodicos.uniformg.edu.br:21011/ojs/index.php/conexaociencia/article/download/707/1023


http://www.nepa.unicamp.br/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf?arquivo=taco_4_versao_ampliada_e_revisada.pdf


http://www.scielo.br/pdf/cta/v28s0/10.pdf